REPORTAGEM EXCLUSIVA

Viroses voltam e farmácias registram alta na venda de medicamentos

Doença está associada a alimentação e a contaminação das águas por esgoto

COMPARTILHE ›
Praia dos Ingleses
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

O ano começa e ela está de volta. A famosa virose já aumentou o movimento nas farmácias neste fim de semana no Norte da Ilha. As pessoas procuram, na maioria, medicamentos para cortar os sintomas de diarreia, vômito e tontura causados pelo vírus. A virose está associada a alimentação e a contaminação das águas por esgoto.

A procura aumentou bastante, principalmente, na última semana. Mesmo com o aumento na procura, a situação deste ano ainda não se comprara a do ano passado, quando as farmácias ficaram desabastecidas em virtude da alta nas vendas. Em 2016, houve extravasamento de esgoto nas ligações irregulares e da própria rede da Casan.

Os casos de virose estão mais concentrados em Ingleses. Na pesquisa com as farmácias, Canasvieiras registra pouca procura por medicamentos para cortar os sintomas da virose. A praia recebeu inúmeras ações contra a poluição. Porém, lá muitos casos de bicho geográfico foram notados nas farmácias.

Já na Praia dos Ingleses, a situação é diferente. As farmácias do Povo, Câmara, Panvel e Vendramini registram um aumento na venda de medicamentos. A Vendramini, por exemplo, vendeu 160 medicamentos contra as viroses entre quarta (04) e segunda (09). Já a Farmácia do Povo teve alta de 10% nas vendas.

Mesmo assim, ainda é indicado para o tratamento contra as viroses tomar soro e água de coco para hidratar a vítima da doença.