ABASTECIMENTO DE ÁGUA

VÍDEO: “Eu não durmo de 23 de dezembro até 3 de Janeiro”, diz presidente da Casan

Novo reservatório de água vai elevar o armazenamento para 9 milhões de litros

COMPARTILHE ›

Assista a reportagem em vídeo

O presidente da Casan, Valter Galina, disse em entrevista ao Jornal Conexão Comunidade (JCC) que não vai dormir entre 23 de dezembro e 3 de janeiro para garantir que o serviço de água e esgoto oferecido pela empresa não tenha interrupções graves. A declaração ocorreu durante visita da diretoria da companhia na obra de construção do novo reservatório de água de aço vitrificado. A nova obra vai elevar para 9 milhões de litros o armazenamento de água na região de Ingleses.

“Eu realmente não durmo entre 23 de dezembro até 3 de janeiro. Eu, a direção da empresa, o corpo técnico da Casan que trabalha incansavelmente. Nós aumentamos a quantidade de equipes para cuidar dos vazamentos. Eles vão ocorrer, ocorrem hoje, no mês de julho, ocorrem em janeiro e dezembro. (…) Vamos aumentar significativamente a quantidade de equipes para minimizar o máximo possível os vazamentos”, confirmou Galina. (assista a declaração no vídeo)

Além da obra, as adutoras da Casan vão receber um aumento de 27% de água para garantir a normalidade no abastecimento. Em outras épocas, a falta de água foi um dos fatores que promoveu a saída de turistas do litoral da região.

Sobre o esgoto, Galina confirmou que a Fundação do Meio Ambiente (Fatma) deve liberar nos próximos dias a ‘Licença Ambiental para Instalação de Esgoto’ nos Ingleses. Ela é a autorização para a empresa instalar a rede e a estação de tratamento prevista para o bairro. A Casan deve asssinar a ordem de serviço apenas no final da temporada de verão para que não ocorram obras na temporada de verão, época de maior movimento no balneário.