INVESTIGAÇÃO

Testemunhas de agressão entre examinador e aluno de autoescola serão convocadas

Lucas Costa Brusamarello, 21 anos, foi algemado e conduzido à delegacia após um desentendimento

COMPARTILHE ›
Foto: Emanuel Soares / JCC
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

A corregedoria do Detran vai convocar na próxima semana testemunhas da agressão ocorrida entre um examinador e um aluno de autoescola que fazia prova de avaliação. Serão chamados alunos e representantes da autoescola que estavam no local, quando ocorreu o fato. Lucas Costa Brusamarello, 21 anos, foi algemado e conduzido à delegacia de Canasvieiras após se desentender com o examinador durante o exame em Junho.

LEIA MAIS:
– Detran investiga caso de agressão entre examinador e aluno de autoescola

“Tomamos todas as providências e na semana que vem vamos intimar as testemunhas, inclusive a autoescola, para apurar a função administrativa do examinador, independentemente da questão criminal. Se ficar comprovado que houve excesso, ele pode ser afastado da função”, afirmou Sedra Luciana Alcântara da Silva, responsável pela investigação.

A corregedoria também apura se houve uma falsificação de documentos. No relato de Lucas à investigadora, o examinador disse que ele estaria falsificando documentos, o que não foi comprovado. Segundo Sedra, toda a documentação está em dia e acredita que houve um suposto mal entendido na
interpretação do examinador, já que Lucas conversava sobre aulas adicionais ou de reforço.
“Todas as aulas estão em dia. Se não estivesse, ele nem poderia ter feito o exame”, confirmou.

Após a confusão, Lucas tenta agora repetir o exame de motorista para carro e motocicleta. A família deve solicitar formalmente para o Detran que alguém da corregedoria acompanhe a nova avaliação.