GREVE

Servidores decidem continuar a greve e aulas estão suspensas por tempo indeterminado

O primeiro dia letivo para cerca de 30 mil estudantes começaria nesta quarta-feira (8)

COMPARTILHE ›
Professores em greve não iniciam o ano letivo nas escolas municipais de Florianópolis
Foto: Carlos Wendt /Jornal Conexão Comunidade

Os professores reunidos na assembleia geral na tarde desta terça-feira (7), votaram pela greve geral. O primeiro dia do ano letivo para quase 30 mil estudantes em Florianópolis estava marcado para esta quarta-feira (8).

Segundo Alex Santos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (Sintrasem), a assembleia contou com a participação de mais de 9 mil servidores e a votação foi unânime pela greve.

O movimento grevista já havia sido definido pelo quadro geral e servidores da saúde. Agora recebe o apoio dos professores e funcionários de escolas.

Os servidores exigem a revogação da Lei 597, que segundo o Sintrasem retira os direitos dos servidores municipais e querem a abertura das negociações.

Professores em greve não iniciam o ano letivo nas escolas municipais de Florianópolis
Foto: Carlos Wendt /Jornal Conexão Comunidade