REPORTAGEM EXCLUSIVA

Rodovia estadual mais movimentada sofre com a falta de efetivo

O número de policiais rodoviários é considerado baixo e já foi o triplo há 10 anos

COMPARTILHE ›
Foto: Carlos Lovato / JCC
Foto: Carlos Lovato / JCC

A SC-401 é a rodovia estadual mais movimentada de Santa Catarina. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) do Norte da Ilha, também é responsável por fiscalizar a SC-406, SC-402, SC-403 e outras tantas. São acidentes, ocorrências, mortes atendidas por apenas três policiais por turno de plantão que dura 24 horas. O levantamento é exclusivo do Jornal Conexão Comunidade (JCC). O número é considerado extremamente baixo para o porte da responsabilidade e já foi o triplo há 10 anos.

Hoje, um policial fica no posto e outros dois permanecem nas viaturas fazendo rondas e fiscalizações. “É uma realidade que estamos vivenciando na Polícia Militar Rodoviária. Quando é necessário, reforçamos o contingente com policiais de outros locais”, disse o Major Mauro Rezende, chefe de operações da PMRv.

O número é reforçado em períodos em que a movimentação será maior. A escala pode ganhar, dependendo da situação, até duas equipes volantes de forma extra. Com o baixo número, as fiscalizações de velocidade já não tem sido constantes em todo o trecho da SC-401.

Com o reinício do curso de formação de soldados da Polícia Militar, já existem tratativas para que sejam abertas inscrições para a formação específica da PMRv. Porém, ainda não há nada oficialmente definido.