ANO LETIVO 2017

Qualidade dos materiais escolares será analisada por comissão da prefeitura

COMPARTILHE ›
Qualidade dos materiais escolares será analisada por comissão da prefeitura
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

A qualidade dos materiais escolares será analisada por uma comissão de servidores da secretaria de Educação de Florianópolis para o ano letivo 2017. Na manhã desta terça-feira (17), o secretário Maurício Pereira visitou a creche Gentil Mathias. A reclamação é geral nas escolas do município, desde o ano passado, quando foram compradas canetinhas que não pintam, massas de modelar que mancham as mesas, tesouras que não cortam e tintas guache com mau cheiro.

“A primeira iniciativa que nós tivemos foi criar um grupo de trabalho que é ‘Todos pelo dia 2 de Fevereiro’ que é um grupo que está entrando em contato com todas as escolas para buscar saber todas as demandas. Isso que você está me dizendo é um dos assuntos que não havia chegado ainda pra mim. Já estamos anotando aqui. A qualidade do material tem relação com a qualidade de vida das crianças. Se você diz que tem tinta guache que faz mal a criança é problema, deve ter algum problema no processo licitatório”, afirmou o secretário.

Na creche, o secretário conversou com professores e viu que muitas crianças estão faltando ao projeto de verão, mesmo tendo vaga garantida. Professores reclamaram que algumas crianças chegam no meio de atividades, prejudicando o andamento pedagógico.

A escola enfrentou durante muito tempo problemas com pombos que ficavam na área coberta da escola, tornando o problema de saúde pública. Elaine Martins, coordenadora Pedagógica, disse que a quantidade de pombos diminuiu mas ainda estão presentes na estrutura.