EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Protetores Ambientais realizam blitz ecológica no Parque do Rio Vermelho

Ação vai chamar a atenção das pessoas para a preservação da natureza e os benefícios para a qualidade de vida

COMPARTILHE ›
protetores, policia militar ambiental
Foto: Protetores Ambientais / Divulgação

Os Protetores Ambientais Veteranos, promovem neste sábado (25), das 9h às 12h, uma Blitz Ecológica, no Parque Estadual do Rio Vermelho. O evento é aberto ao público.

O objetivo da blitz é chamar a atenção das pessoas que frequentam o local sobre a importância da educação ambiental e os benefícios da preservação da natureza para a qualidade de vida.

Durante a ação os visitantes vão receber orientações importantes a respeito do Parque e conhecerão as normas para visitação da área. A blitz vai alertar quanto ao uso da área, bem como a proibição do tráfego de veículos sobre as dunas ou vegetação de restinga e descarte de lixo, que é considerado crime ambiental.

A Polícia Militar Ambiental desenvolve o programa “Protetores Ambientais”, com jovens que participam durante um ano no contraturno escolar de atividades pedagógicas e práticas na área ambiental. Após este período muitos deles, “os veteranos”, continuam engajados na proposta e auxiliam os coordenadores na disseminação das orientações de educação ambiental na comunidade.

O Parque Estadual do Rio Vermelho tem seu limite ao leste desde a praia da Barra da Lagoa até o Morro das Aranhas, na praia do Santinho. A área de 1530 hectares está sobre um aquífero de onde é retirada a água que abastece o Norte da Ilha. A maior parte do parque é coberta pelas formações de restinga.

Denúncias

O cidadão que identificar alguma irregularidade no Parque poderá denunciar através dos telefones: Polícia Militar Ambiental (denúncias): 3665-4487 e administração do Parque (FATMA): 3232-5450.

protetores, policia militar

 

protetores, policia militar ambiental
Foto: Protetores Ambientais / Divulgação