CURTO-CIRCUITO

Procon notifica Celesc devido a falta de energia no reveillon

Órgão quer informações sobre o que causou o problema, além da demora para restabelecer o sistema

COMPARTILHE ›

A Celesc foi notificada pelo Procon de Florianópolis nesta segunda-feira (05) pela falta de energia ocorrida nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro no Norte da Ilha. O documento solicita à empresa as informações sobre o que causou a interrupção no serviço, além das explicações sobre o trabalho de recuperação total do sistema. A notificação foi recebida por Milton Queiroz Garcia, advogado da Celesc.

No dia 31 de dezembro, um forte vento atingiu o Norte da Ilha causando problemas em alimentadores na subestação Ilha Norte que fica na SC-403. A contar desta segunda-feira, a Celesc terá dez dias para apresentar sua defesa, sob pena de receber multa de até R$ 3 milhões.

Em nota, a Celesc disse que rajadas de ventos de mais de 50 km/h atingiram a região, desligando cinco alimentadores (redes que transportam energia elétrica das subestações para os transformadores) simultaneamente. Com isso, o abastecimento de energia foi interrompido para aproximadamente 35 mil unidades consumidoras nos bairros de Canasvieiras, Ingleses, Santinho, Cachoeira do Bom Jesus, Jurerê, Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui.
Com o pronto atendimento das equipes de emergência, o sistema elétrico foi sendo gradativamente recomposto e, em duas horas, 32 mil unidades consumidoras já contavam com fornecimento. Pouco depois das 20h, o abastecimento estava normalizado em quase 100% da área atingida, restando casos isolados.

A empresa disse que a área de maior dificuldade para as equipes foi entre Jurerê e Daniela por causa do rompimento de um cabo e à quebra de um isolador, danos que exigiram mais tempo para o conserto. No dia 1º, foi registrado ainda o desligamento de um alimentador durante uma hora e meia na região, em função da quebra de um equipamento na saída da Subestação Ingleses. Devido às características dos estragos, a causa provável é de que algum objeto tenha sido lançado contra a rede ainda no dia 31.