SEIS HOMICÍDIOS

Polícia Militar diz que vídeo com ameaça de ataque na Vila União é antigo

COMPARTILHE ›

Um vídeo que circula há três semanas em grupos de WhatsApp onde homens com armas, se intitulando de uma organização criminosa catarinense, ameaçam uma facção rival que domina a Vila União, é antigo. A confirmação é do tenente-coronel Sinval Santos da Silveira Júnior, comandante do 21º batalhão da Polícia Militar, que coordena o policiamento de todo o Norte da Ilha.

LEIA MAIS:
– Seis homicídios são registrados pela Polícia Civil no Norte da Ilha
– “Precisamos ocupar os espaços que o tráfico ocupou”, diz especialista em segurança

Os homens que aparecem na imagem ameaçam tomar pontos dominados pela organização criminosa paulista que se instalou em duas comunidades conflagradas: Vila União e Papaquara.

“Esperamos conflitos todos os dias e ele pode acontecer em qualquer horário. O vídeo é antigo, do início do ano, e já tomamos providências. Eles não confrontam enquanto estamos na área”, disse o coronel.

Segundo a polícia, três dos mortos identificados após os homicídios nesta madrugada possuem relação com o tráfico.