FISCALIZAÇÃO

Operação ‘Floripa Legal’ apreende mais de 13 mil produtos em três meses

COMPARTILHE ›

A Operação Floripa Legal  divulgou um balanço nesta segunda-feira (10) pela Prefeitura de Florianópolis, com mais de 13 mil produtos apreendidos desde o início da Operação, há três meses. No topo da lista das mercadorias aparecem peças de roupas, como bermudas, camisas e roupas de praia. Os ambulantes ilegais também vendiam bolsas, perfumes, relógios, bijuterias e calçados. Só de alimentos e bebidas, foram cerca de duas mil apreensões feitas pelos fiscais.

A abordagem dos agentes da Guarda Municipal e dos fiscais da SUSP aos ambulantes tem sido feita não somente nas ruas, como também dentro dos terminais de ônibus, camelôs, praças e áreas comerciais. Segundo a secretária de Segurança Pública, Maryanne Mattos, o objetivo é retomar a ordem pública e a legalidade no município. “A questão não é o confronto com os ambulantes, mas sim a fiscalização e a proibição da venda ilegal, dos ambulantes sem alvarás. As pessoas mesmo nos procuram e denunciam”, acrescenta.

A ação, que é realizada em conjunto com Polícias Militar e Civil, CECOP, PROCON e CDL, deve intensificar nos próximos meses para outras regiões da cidade.