ESCALADA DA VIOLÊNCIA

Operação contra facção criminosa percorre comunidades do Norte da Ilha

COMPARTILHE ›

Escalada da Violência

Operação contra facção criminosa percorre comunidades do Norte da Ilha
Foto: Secom

Uma grande operação da Polícia Civil cumpre 112 mandados de prisão e 40 de brusca e apreensão em Santa Catarina desde as primeiras horas desta quinta-feira (20). Desde cedo, equipes da polícia percorreram comunidades da Papaquara e Arvoredo (siri), no Norte da Ilha, com o auxílio de um helicóptero. Os números finais da operação seriam apresentados nesta manhã, mas a coletiva da Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais) foi transferida para a tarde. A operação ocorre dois dias após seis pessoas serem mortas em uma única noite.

Segundo o Estado, esta é a maior ofensiva já realizada pela Polícia Civil contra a facção criminosa atuante em Santa Catarina e com ramificações em outros estados da federação, envolvida em crimes de roubo, tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores, homicídio, estelionato, lavagem de dinheiro e porte/posse/comércio de armas de fogo/munições.

As investigações vem sendo realizadas há aproximadamente 5 (cinco) meses, período em que 11 membros da facção foram presos nas cidades de Florianópolis, Joinville, Navegantes, Balneário Camboriú e Chapecó. Também identificou as principais lideranças dessa organização criminosa atuantes dentro e fora do sistema prisional de Santa Catarina, as quais são alvos das medidas judiciais.

Participam da Operação 200 Policiais Civis da DEIC, DPGF, DIPC, SAER, DIC Laguna, DIC e 2ª DRP Joinville, DIC e SIC/Dpco de Balneário Camboriú, DIC de Itajaí e integrantes da DINI.