REPORTAGEM EXCLUSIVA

Nova subestação de energia do Norte da Ilha fica pronta só no próximo verão

Obras devem ser finalizadas apenas em abril de 2016, mas Celesc trabalha para garantir uma normalidade no fornecimento de luz no verão

COMPARTILHE ›

banner-verao-sai-caro

As obras da futura subestação de energia da Celesc na Praia dos Ingleses já começaram em um terreno na Avenida Internacional mas não ficam prontas para a temporada de verão 2015/2016. A obra é relacionada como fundamental para evitar problemas no fornecimento de energia elétrica para as milhares de unidades consumidoras em Ingleses, Santinho e Rio Vermelho. A ordem de serviço foi emitida ao Consórcio Quantum que já finalizou o esboço técnico que foi enviado à Celesc para aprovação de início das obras que devem ser finalizadas em abril de 2016. Para os meses em que as praias estarão lotadas, a Celesc garante a normalidade no fornecimento, mesmo sem a garantia da subestação.

LEIA MAIS
Celesc começa a construir nova subestação no Norte da Ilha com cinco anos de atraso
Construção da Subestação Ingleses da Celesc começa em 45 dias

A construção vai custar R$ 5,8 milhões aos cofres da companhia. Após o serviço de levantamento topográfico, novembro começou com os trabalhos de terraplanagem a todo vapor na área que vai receber o investimento. A subestação vai aumentar a demanda de energia elétrica em uma das regiões que mais cresce na capital catarinense. A nova subestação contempla a instalação de um transformador de 138/13,8 kV, de quatro entradas de linha de 13,8 kV para a distribuição e de um banco de capacitores de 4,8MVAR para compensação reativa.

O projeto é antigo e foi lançado ainda na gestão de Eduardo Pinho Moreira na presidência da empresa em 2008. As obras só começaram sete anos depois, após liberações ambientais e especulação imobiliária que travou a construção do empreendimento público. Segundo apurou o Jornal Conexão Comunidade (JCC) na época, o proprietário da área aumentou o preço do imóvel ao descobrir que o comprador seria a Celesc.

O prazo de execução da obra é de 240 dias. A Celesc prevê a conclusão dos trabalhos apenas em abril/2016.

As últimas temporadas registram quedas constantes de energia. No mês de janeiro de 2015, comerciantes e moradores da Rua Intendente João Nunes Vieira na Praia dos Ingleses realizaram um protesto pedindo melhorias no fornecimento de luz. Além de quedas, a luz ficava em meia fase obrigando muitos estabelecimentos a suspender as atividades. Após o fato, a empresa realizou mudanças na rede.

A Celesc deve divulgar nos próximos dias detalhes da operação verão e quais os planejamentos estão elencados para atender com conforto os milhares de turistas que lotam o litoral catarinense.

POSTES
Por muito tempo, os 44 postes gigantescos ao longo da SC-403, que dividem a “subestação Ilha Norte” e a Praia dos Ingleses, estiveram inoperantes. Depois desse período, a Celesc energizou as linhas de transmissão com uma tensão bem abaixo da suportada pela linha. Essa energia estava sendo utilizada para abastecer o trecho norte de Ingleses e assim permanece até a finalização das obras da subestação. Com a duplicação da rodovia, engenheiros precisaram realizar alterações no projeto rodoviário, já que os postes não podiam ser movidos. Um dos exemplos é próximo ao parque aquático e junto a Escola Luiz Cândido da Luz onde a pista foi alterada.

Confira como foi a mobilização dos moradores em janeiro