URGENTE

Jornalista Róger Bitencourt morre atropelado no Norte da Ilha

Vítima pedalava pela lateral da rodovia quando foi atingido por um veículo preto

COMPARTILHE ›

ATUALIZADO ÀS 13h17
O jornalista Róger Bitencourt, 49 anos, morreu após ser atingido por um carro na SC-401 enquanto andava de bicicleta na manhã deste domingo (27) no Norte da Ilha. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), Róger trafegava pela lateral da via, sentido bairro/centro, quando foi atingido por uma Parati preta. O acidente ocorreu nas proximidades do elevado de acesso à Jurerê. O motorista chegou a prestar os primeiros socorros, mas o jornalista não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Leia mais:
– Emanuel Soares: “Não podemos mais aceitar mortes na SC-401
– Corpo do jornalista Róger Bitencourt é velado em cemitério de Florianópolis

O veículo acabou atingindo Róger e mais um ciclista que pedalava ao seu lado. A outra vítima, ainda não identificada, foi removida ao Hospital Governador Celso Ramos em estado grave. A perícia analisou o local do acidente e o trânsito ficou lento nos dois sentidos da rodovia.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) disse que o veículo preto bateu nos dois ciclistas de forma traseira, impedindo qualquer reação das vítimas de tentar desviar do carro.

Amigos e colegas de Róger se manifestaram pelas redes sociais lamentando a morte do jornalista. Pelo Facebook, Moacir Pereira disse que ele era um profissional competente e ser humano exemplar. Carlos Damião afirmou que conheceu Róger por mais de 30 anos. “Sob forte emoção, não tenho mais condições de escrever”, disse Damião.

O motorista do carro que atingiu Róger está detido na 5ª Delegacia de Polícia Civil e vai ser encaminhado ao presídio.

QUEM É RÓGER BITENCOURT

Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal
Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Róger Bitencourt era jornalista e tinha 49 anos. Atuava como assessor de imprensa de diversas empresas de Florianópolis, sendo um dos profissionais mais respeitados do ramo. Diretor da Fábrica de Comunicação, Róger se formou em comunicação social pela Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), foi secretário de comunicação do Governo Paulo Afonso Vieira na década de 90, atuou na Rádio Gaúcha, Diário Catarinense e na RBS TV. Era amante de esportes como corrida e ciclismo. Já participou de diversas maratonas no Brasil e fora do país.

Vice-presidente da Associação Catarinense de Imprensa, Róger realizava um trabalho de promoção e integração de todos os profissionais. Frequentemente era visto por seus amigos e colegas de profissão, praticando esportes na SC-401, local onde foi atropelado na manhã deste domingo (27). Róger deixa a esposa, Karin Verzbickas, uma filha e dois enteados.