CHECAGEM DO CONEXÃO

Jornal Conexão lança espaço para checagem de informações que circulam na internet

Muitas notas e fotos são oriundas de uma indústria especializada em espalhar notícias falsas

COMPARTILHE ›

Jornal Conexão lança espaço para checagem de informações que circulam na internet

Jornal Conexão lança espaço para checagem de informações que circulam na internet
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

O Jornal Conexão Comunidade lançou um espaço para checagem de informações que circulam na internet e que são compartilhadas por muitos internautas através das redes sociais. A maioria das notícias são falsas e, mesmo assim, mobilizam as atenções de internautas em muitas correntes de compartilhamentos. É o ‘Checagem do Conexão’, que já atuou na apuração de muitas informações que circulam por grupos de WhatsApp.

CHECAGEM DO CONEXÃO:
– Carro incendiado em foto que circula no WhatsApp não é no Travessão
– Polícia diz que não procede informação sobre assaltos a veículos no morro da Cachoeira
– NET fala sobre assalto por falso funcionário que circula nas redes sociais

“Nestes últimos dias, onde a onda de violência chamou a atenção na capital, muitos moradores do Norte da Ilha compartilharam informações equivocadas através das redes sociais, o que chamou a atenção. Eram informações de que um carro foi queimado, assaltos em uma via da região, sem falar de outras informações falsas que polvilham as nossas redes. Então, tivemos a ideia e vamos ter uma marca especial quando checarmos isso. Vamos lutar contra a indústria da informação falsa”, disse o jornalista Emanuel Soares, editor do Jornal Conexão Comunidade.

A publicitária Luciana Manfroi, professora universitária e especialista em mídias digitais, afirmou que as notícias são falsas existem desde sempre, mas as redes sociais acabam por amplificando esses fatos irreais. “Hoje temos uma fábrica de notícias falsas que ganham muito mais dinheiro que as notícias verdadeiras. (…) Primeiro é preciso checar. As pessoas vão pelo emocional, então não tem checagem. Então, se o carro incendiou, elas compartilham como se fosse a grande verdade. Então a minha dica é que procurem o Jornal Conexão, aí no Norte da Ilha, antes de sair compartilhando. Checar com o veículo que representa a comunidade é o mínimo”, disse.

A professora disse que essa é a função dos meios de comunicação. Na visão dela, os veículos precisam servir para este tipo de informação e é o caminho para limpar esse turbilhão de informações falsas que circulam através das redes sociais. Isso ajuda a agregar credibilidade ao veículo que desenvolve esse trabalho.

O ‘Checagem do Conexão’ ganhou um espaço especial na home do portal de notícias e terá um segmento na versão impressa do Jornal Conexão Comunidade. Quem quiser enviar informações que precisam de checagem pode fazer da seguinte forma:

Facebook.com/jornalconexaocomunidade
WhatsApp (48) 9 9625 8881
Telefone (48) 3365 8189
e-mail: [email protected]
Site: www.jornalconexao.com.br/entre-em-contato/

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA COM A PROFESSORA: