SANEAMENTO

Japoneses suspendem abertura de envelopes da licitação do esgoto de Ingleses

Documento autorizando o andamento do processo ainda não chegou da Jica, agência que financia a obra

COMPARTILHE ›
Foto: Projeto da Estação de Tratamento / Reprodução
Foto: Projeto da Estação de Tratamento / Reprodução

Os japoneses da agência de cooperação, Jica, não autorizaram os técnicos da Casan a abrir os envelopes para conhecer a empresa vencedora do processo internacional de licitação que vai ampliar o sistema de esgoto de Ingleses. Isso estava marcado para o dia 9 de setembro, porém ainda falta um documento que libera o seguimento do processo.

“Todos os procedimentos tem que ter autorização da matriz. Tínhamos programado para o dia 9, e estamos aguardando um documento de autorização deles. Desta vez preferimos não marcar uma data, já que avisamos todos e muita gente vem de fora. Queremos realizar isso até o fim do mês, se tivermos autorização dos japoneses”, garantiu Fábio Krieguer, gerente de construção da Casan.

Logo após a chegada do documento, a Casan vai marcar a data e chamar as empresas cadastradas no procedimento licitatório para que se conheça a vencedora da execução. Vencida essa etapa, a ordem de serviço deve ser assinada em até 30 dias, após os prazos regimentais da licitação.

REDE EM INGLESES

Ingleses possui rede de esgoto em 1/3 do balneário, apenas no trecho norte. A obra de ampliação da rede terá financiamento japonês e foi lançada pelo governador Raimundo Colombo há um ano e três meses ao valor de R$ 64,4 milhões. Serão 58,6 km de rede, uma estação de tratamento de nível terciário (alto grau de tratamento) e oito estações elevatórias. Todo efluente tratado vai ser depositado no Rio Capivari, o que, segundo a Casan, vai melhorar a condição de balneabilidade da Praia dos Ingleses.