QUER VER A FILHA!

Homem faz greve de fome em frente ao consulado da Argentina

COMPARTILHE ›
Homem faz greve de fome em frente ao consulado da Argentina
Foto: Reprodução

Muriel Nunes da Silva iniciou uma greve de fome que já dura 12 dias em frente ao Consulado da Argentina em Florianópolis. Mesmo com decisões judiciais que garantem a ele o direito de ver a filha que mora na província de Missiones, na Argentina, ele afirma que a mãe não o deixa ver a criança. A luta de Muriel começou em 2014, quando fez outra ‘huelga de hambre’ (greve de fome) em frente a um tribunal argentino.

CLIQUE E ACOMPANHE A PÁGINA DO PAI

Ele é brasileiro e já mobilizou outros pais que estão na mesma situação. Desta vez, através das redes sociais em uma página que criou, ele disse que está disposto a morrer. Em entrevistas ao canal 6 Digital, emissora que acompanha o caso desde Missiones, ele criticou o tribunal familiar da Argentina.

Muriel não sabe o paradeiro da filha. No passado, houve um exame de DNA que comprovou a paternidade, mas não existe uma mobilização que obrigue a mãe a apresentar a filha para o pai. A criança, segundo meios de comunicação de Missiones, tem entre três e quatro anos.

O Conexão entrou em contato com o Consulado da Argentina em Florianópolis, mas ninguém atende telefone pela manhã no órgão argentino.