AVALIAÇÃO

“Faz 30 meses que não falta água no litoral”, diz presidente da Casan

Afirmação ocorreu durante a abertura do Congresso Catarinense de Saneamento

COMPARTILHE ›
Foto: Jeferson Baldo / Secom
Foto: Jeferson Baldo / Secom

Depois de investimentos pesados para evitar que o pesadelo de muitos moradores da região se repetisse, o presidente da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), Valter José Gallina, afirmou que há 30 meses não falta água no litoral catarinense durante a temporada de verão. A afirmação ocorreu durante a abertura do Congresso Catarinense de Saneamento no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras, na manhã desta quinta-feira (31).

“Faz 30 meses que não falta água no litoral catarinense. Isso não foi milagre de Deus. Isso foi planejamento e muito investimento. Pela primeira vez 45 anos da Casan, estamos há quase três anos sem faltar água no Estado. É a tranquilidade que passamos para a população litorânea e para os turistas que aqui vão vir que também não vai faltar água (sobre a próxima temporada). O planejamento continua e os investimento continua cada vez mais forte”, disse Gallina.

A companhia investiu nos últimos meses em ampliação das redes de captação de água e distribuição, além da construção de um reservatório no Morro do Maurício, entre a Cachoeira do Bom Jesus e Ingleses. Os únicos episódios onde faltaram água durante o verão foram provocados por rompimento de tubulações.

Reuniões conjuntas entre Casan, Celesc, Prefeitura de Florianópolis e outros órgãos, já estão ocorrendo para estruturar ações para a próxima temporada de verão, incluindo as épocas em que os turistas mais chegam ao litoral, virada do ano e Carnaval.