ESTAÇÃO VERÃO

Estrangeiros serão multados igual aos brasileiros nas rodovias do Norte da Ilha

Polícia Militar Rodoviária (PMRv) garante que as ações de fiscalização serão intensificadas por causa do movimento acentuado

COMPARTILHE ›

estacao-verao-banner-topo-materias-site

Foto: Secom / SC
Foto: Secom / SC

Aquela história de que o ‘gringo’ não é multado, é coisa do passado. Turistas do Mercosul que infringirem os limites de velocidade e as leis de trânsito no país serão multados igualmente aos brasileiros nas rodovias estaduais que cortam o Norte da Ilha. Para o verão, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) garante que as ações de fiscalização serão intensificadas por causa do movimento acentuado.

“Dependendo da irregularidade, eles serão autuados normalmente. Através do nosso sistema (no posto da PMRv), ele já emite a guia de pagamento e o infrator estrangeiro deverá pagar essa dívida pela infração. (…) Se ele não pagar aqui, quando ele retorna ao país de origem ele paga na aduana”, disse o Major Abreu, comandante da Companhia da PMRv na SC-401.

Com o boleto na mão, que pode ser impresso junto ao posto da PMRv, o estrangeiro poderá efetuar o pagamento em qualquer banco ou casa lotérica aqui do Norte da Ilha. A principal autuação cometida por eles, e pelos brasileiros, é o excesso de velocidade.

Foto: Júlio Cavalheiro / Secom SC
Foto: Júlio Cavalheiro / Secom SC

Na SC-401, rodovia estadual mais movimentada, a PMRv já prevê um aumento de efetivo com o término da formação de novos policiais. Hoje, a SC-401 têm apenas três policiais por turno de plantão que dura 24 horas. Esse número deve aumentar significativamente para o verão, porém a quantidade exata de novos policiais no trecho ainda será definida, garantiu o Major Abreu, comandante da Companhia da PMRv na SC-401.

Durante a temporada, policiais do serviço burocrático também serão incorporados à fiscalização das rodovias, garantindo uma melhoria no efetivo. Eles vão ajudar nas ações desenvolvidas pela polícia neste período. O objetivo é minimizar o número de acidentes.

Uma das operações que já tem sido desenvolvidas em parceria com o 21º Batalhão, através do Comandante Sinval, é nas barreiras onde são feitas barreiras, onde os PMs ajudam a encontrar pessoas com porte de arma, drogas, mandados de prisão em aberto e a intensificação da lei seca.