ESTAMOS DE OLHO!

Estado muda versão sobre atraso de 9 meses em obra da segurança pública

Nova previsão de entrega é Março de 2017, com um ano de atraso em relação ao cronograma inicial

COMPARTILHE ›
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

O Estado de Santa Catarina mudou a versão sobre o atraso de nove meses na obra da nova delegacia de polícia de Canasvieiras. Por telefone, a secretaria de Estado da Segurança diz que a obra passou por um ajuste de projeto, em virtude da construção do Elevado de Canasvieiras, na esquina da obra, e por esse motivo ela será entregue em Março de 2017, com um ano de atraso em relação ao cronograma inicial.

Na semana passada, durante a formatura de novos policiais civis no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, o secretário César Grubba disse que a empreiteira não cumpria o contrato. “Infelizmente as empresas vencedoras das obras públicas acabam retrasando a entrega das obras. O pagamento está em dia e a medição está em dia”, disse. O confirmação de regularidade dos pagamentos também foi confirmada pelo Governador Raimundo Colombo.

Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

A secretaria confirmou que o local vai receber, além da 7ª delegacia de Canasvieiras e da Central de Investigações do Norte da Ilha (Cini), um posto do Detran e a delegacia do Turista. Com as adequações no projeto, o Estado inseriu um aditivo de prazo, garantindo mais tempo para a obra.

Mesmo com o atraso, a obra não sofreu aditivo financeiro, ou seja, continua no mesmo valor previsto de R$ 2,4 milhões de reais.