Connect with us

Emanuel Soares: “Gui Pereira, o vereador contraditório”

Publicado em

Emanuel Soares:

Emanuel Soares:

Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

A presidência da Câmara de Vereadores, ou seja, o vereador Gui Pereira (MDB) (atrás e ao lado direito do prefeito na foto) assinou o aumento da verba de gabinete e da contratação de mais assessores para os vereadores de Florianópolis. O projeto é o 2131/2018. A justificativa é que assim, a câmara consegue melhorar a “atuação parlamentar e o alcance de suas atividades em favor da cidade”, diz o texto que foi assinado pelo parlamentar que é pré-candidato a deputado federal pelo MDB. Em tempos de crise econômica, chega a ser descabida uma coisa assim. É mais dinheiro do nosso bolso para que a câmara não cumpra seu papel fiscalizatório.

LEIA AINDA HOJE:
– Granizo cai em pontos isolados do Norte da Ilha durante chuva
– Lumma Construtora entrega reforma da 2ª Cia da PM no Norte da Ilha
– Moradores debatem instalação de portão na entrada da Praia do Moçambique

A impressão que tenho é que Gui Pereira é um vereador contraditório. Na segunda-feira, claramente em pré-campanha ao lado do prefeito Gean Loureiro (MDB), posando ao lado dele para aparecer em todas as fotos, o vereador discursou no lançamento do pacote de obras para Ingleses dizendo que a Câmara de Vereadores devolveu R$ 6,4 milhões para a prefeitura em 2017. Afirmou que tudo foi um trabalho de gestão da presidência dele.

Pensem comigo: se a câmara devolveu dinheiro, para que ampliar as verbas de gabinete com uma justificativa absurda? Tem político que acha que não existe fiscalização no legislativo, mas existe. A população precisa estar de olho nestes descalabros. Várias entidades já se manifestaram contra isso, inclusive a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif), que disse em nota que “não entende e repudia com veemência essas medidas, que contrastam com a realidade da população, enfrentando um cenário de desemprego e severas dificuldades econômicas”.

A medida da câmara é infeliz e para o bom censo prevalecer com a realidade atual, deveria ser engavetada para evitar que a imagem do legislativo não fique mais queimada do que está. Principalmente para quem tem projeto político em 2018.

Leia mais

ANÚNCIO

48 9625 8881

[email protected]

48 3365 8189

Acontecendo