Emanuel Soares: “E a promessa que não haveria mais paralisações?”

emanuelramon@gmail.com

COMPARTILHE ›

colunista-banner-emanuelÉ um absurdo a cidade estar novamente refém de um sistema de transporte. E a promessa que não haveria mais paralisações? E a segurança jurídica de um contrato de concessão? Quando o Consórcio Fênix foi contratado, foi ressaltada a segurança que o contrato dá e que paralisações não ocorreriam. Pois, ocorreram e já não foi a primeira.

Então, Florianópolis é assim. Falta bom senso de patrões, trabalhadores do sistema, da Justiça que espera ser provocada para agir e da prefeitura da Capital que só providenciou as vans e não foi lá multar as empresas por descumprimento de horários.

Digo tudo isso com uma irritação imensa, já que sou usuário do transporte público diariamente.

O pior vem agora: é triste saber que as pessoas que deveriam ajudar neste momento, perdem os escrúpulos. Já ouvi nesta manhã que vans cobram mais do que o estabelecido pela prefeitura. E a fiscalização? Só no centro da cidade.