FLORIPA 2016

Eleitorado do Norte da Ilha chega a 100 mil em 2016, segundo o TSE

Levantamento aponta que 131 não realizaram a biometria na 100ª zona eleitoral

COMPARTILHE ›

floripa-2016-campanha-norte-ilha

Foto: Divulgação / Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação

A zona eleitoral do Norte da Ilha registrou um crescimento de eleitores, desde 2014, quando ocorreu a eleição presidencial. O número saltou de 85,3 mil para 100.015, o que representa um acréscimo de 14,6 mil. Porém, 131 eleitores da 100ª zona eleitoral não compareceram ao cadastramento biométrico, o que deixa o eleitorado ativo para este ano em 99,8 mil.

Os números atualizados foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com a consolidação do cadastro de eleitores para o pleito deste ano. Vereadores e prefeitos serão escolhidos pela comunidade da região.

O crescimento do eleitorado do Norte da Ilha foi 5,8 vezes maior que o do Sul da Ilha. A zona eleitoral desta área cresceu em apenas 2,5 mil eleitores.

Na Capital, o número total de eleitores diminuiu. Em 2014, eram 332,8 mil e agora são 316,2 mil eleitores, uma queda de 17,5 mil.

O Norte da Ilha é uma das regiões que mais cresce em Florianópolis. Durante o período de cadastramento eleitoral, o Jornal Conexão Comunidade idealizador da campanha “Moro Aqui, Voto Aqui” fez reportagens sobre a importância de votar na região onde mora.

Os bairros da região vivem um fenômeno diferenciado. Com a constante chegada de pessoas de outras cidades e estados, o domicílio eleitoral não é transferido. No dia da eleição, muitas pessoas acabavam justificando o voto, sem poder escolher as prioridades para a região onde moram atualmente.

MAIS DADOSeleitores-faixa-etaria-ingleses

 

Logo Moro aqui voto aqui