EDUCAÇÃO

“É uma coisa medonha”, diz mãe sobre estrutura de creche no Norte da Ilha

Ministério Público já solicitou uma reforma no Nei Raul Francisco Lisboa em Santo Antônio de Lisboa

COMPARTILHE ›

O Ministério Público de Santa Catarina solicitou uma reforma no Núcleo de Educação Infantil (Nei) Raul Francisco Lisboa que fica em Santo Antônio de Lisboa por causa dos problemas estruturais. “A situação é periclitante! O reboco pode cair por causa da umidade. O mofo toma conta das paredes e tem um problema grave no muro que fica em frente a escola. A grade está enferrujada e o portão apresenta sérios problemas. É uma coisa medonha“, afirmou Joana Cabral Costa, mãe de aluno da instituição.

A grade e o portão da escola apresentam pontos de ferrugem, o que pode machucar alguma criança. A estrutura deve ser recuperada com recursos da escola, com a ajuda da Associação de Pais e Professores, e da Prefeitura de Florianópolis que deve pagar a outra metade.

A secretaria municipal de Educação confirmou que o Ministério Público pediu as melhorias e respondeu informando que a licitação para a reforma sai ainda neste semestre. O município diz que o portão da creche já foi arrumado e que a reforma contempla a ampliação de mais 36 vagas para crianças de Santo Antônio de Lisboa.