Connect with us

DOAÇÕES

Cachorro abandonado e diagnosticado com cinomose precisa de ajuda

Publicado em

Foto: Nicolas Ferrari / Jornal Conexão Comunidade

O cachorro abandonado no dia do incêndio a casinhas de cães comunitários em Ingleses foi diagnosticado com cinomose, uma doença grave que pode matar o animal. Por isso, cuidadores organizaram uma vaquinha online para arrecadar R$ 1,2 mil para o atendimento médico dele que, já ganhou até um nome: Tocha. A vaquinha já tinha quase 30% do valor às 17h30 desta segunda-feira (07). Quando foi encontrado, ele tinha secreções pelo nariz e tremia, sinais típicos da doença que precisa ser tratada.

– Clique aqui e ajude a tratar a cinomose do Tocha

LEIA AINDA:
– Dibea atende animais que precisam de atenção médica em Florianópolis
– VÍDEO: Cão é abandonado no local do incêndio das casinhas em Ingleses
– VÍDEO: Casinhas de cães são incendiadas em ato criminoso na Praia dos Ingleses
– Abertas as inscrições para artesãos expositores na Fenaostra

– Obra incompleta de compensação do Brasil Atacadista expõe pedestres a riscos

A cinomose acomete cães mais jovens em seu primeiro ano de vida, pode também infectar animais mais velhos que por alguma razão não tenham sido imunizados anteriormente com vacinas próprias, ou que por alguma doença seu sistema imunológico se encontra debilitado. A doença pode atingir vários órgãos, é sistêmica, podendo atuar em todo o organismo, é altamente contagiosa.

A doença causada por um vírus que sobrevive por muito tempo em ambiente seco e frio. Porém é um vírus muito sensível ao calor, luz solar e desinfetantes comuns, dura em média três meses no ambiente após a retirada do portador. Mesmo abandonado, ele utilizou uma das casinhas queimadas pelo incêndio da madrugada em Ingleses.

Leia mais

Acontecendo