Connect with us

PAPO SÉRIO

Banhos quentes e sabonetes deixam a pele ressecada no frio

Publicado em

Papo Sério - Dicas de Saúde e bem estar

Banhos quentes e sabonetes deixam a pele ressecada no frio

Foto: Divulgação

Bastam as temperaturas caírem para a pele começar a “reclamar”. No inverno, diversos problemas se manifestam: a pele resseca e descama, os lábios racham. Mas há o que fazer para resolver esses dramas. Banhos quentes e sabonetes colaboram para a pele ficar ressecada. Hidratantes e diminuir o calor do banho podem diminuir os sintomas.

LEIA AINDA:
– Transexual é assassinada dentro de apartamento em Canasvieiras
– Pescadores capturam 1,5 mil tainhas durante a noite em Ingleses
– Norte da Ilha amanhece com a temperatura mais baixa do ano

– Circuito da tainha começa na próxima semana no Norte da Ilha

Quando as temperaturas caem, a hidratação da pele parece cair junto. O dermatologista Adilson Costa, explica que, com as baixas temperaturas, há uma diminuição na produção de sebo pela pele, fazendo com que ela perca água para o ambiente e, logo, resseque. A redução do suor também tem papel na desidratação da pele, já que ele também desempenha ação hidratante.

No entanto, não podemos apenas culpar as baixas temperaturas, já que o que mais muda, nessa época, é o nosso comportamento. Com o frio, a procura por banhos quentes e demorados aumenta.

“Isso retira a camada protetora de gordura natural da pele e a água ali presente evapora mais e a deixa desidratada”, explica o dermatologista Erasmo Tokarski. Além da água quente, o uso de sabonetes, conta a dermatologista Fernanda Casagrande, ha contribui com o ressecamento por causa de sua ação detergente, que aumenta a perda da camada de gordura da pele, chamada de manto lipídico.

Para lidar com esse ressecamento, primeiramente, é preciso prestar atenção no banho e maneirar na água muito quente. Tentar diminuir um pouco a temperatura ou até mesmo o tempo de banho pode atenuar os danos à pele.

Na hora de se lavar, indica Fernanda, use um sabonete com ação hidratante. Tokarski também aconselha seu uso apenas nas “dobrinhas” do corpo, evitando áreas extensas, como braços e pernas, já que elas têm menos glândulas sebáceas. Também é importante abusar de hidratantes: para Adilson Costa, o ideal é aplicá-los duas vezes ao dia nessa época. A preguiça pós-banho bateu e você não quer passar o creme? Que tal experimentar os hidratantes in shower? Eles são usados ainda no chuveiro e não deixam espaço para desculpas, como “estava muito frio quando saí do chuveiro”.

Leia mais

ANÚNCIO

48 9625 8881

[email protected]

48 3365 8189

Acontecendo