ESCALADA DA VIOLÊNCIA

Assessoria do governador disse que forças da segurança estão em alerta máximo

Noite teve ataque a prédios públicos e veículos incendiados na Capital

COMPARTILHE ›

Escalada da ViolênciaA assessoria do Governador Raimundo Colombo disse na manhã de hoje ao Jornal Conexão Comunidade que as forças de segurança estão em alerta máximo e que vão continuar combatendo a criminalidade. Essa é, por enquanto, a resposta para a sociedade catarinense após a noite violenta com tiros contra prédios públicos e três veículos incendiados no Norte da Ilha. Um deles, o ônibus de turismo que foi destruído pelas chamas, estava a 180 metros da 7ª delegacia de Polícia e da Acadepol em Canasvieiras.

LEIA MAIS:
– Ônibus é incendiado por criminosos em atentado durante a madrugada no Norte da Ilha
– “Queria largar o ônibus queimado na sede do governo do Estado”, diz proprietário

A secretaria de Segurança Pública (SSP) ainda não se manifestou sobre as ocorrências da noite desta quarta-feira (26). Suspeita-se que os ataques são ordenados de dentro das penitenciárias e sejam em represália a operação policial que ocorreu e prendeu chefes das facções criminosas.

O número de homicídios chegou a 76 em menos de quatro meses na Capital catarinense. A última morte aconteceu na comunidade da Papaquara, no Norte da Ilha, onde um corpo foi encontrado sem a cabeça e queimado dentro de um tonel. A polícia, por meio da delegacia de homicídios, está investigando o fato. Este é o segundo dia sem homicídios na cidade.