ELEIÇÕES 2016

Angela Albino visita o Jornal Conexão Comunidade e faz promessas ao Norte da Ilha

Candidata disse que vai reunir um comando especial para atuar na transição de governo e intensificar a parceria com a Casan nas questões de saneamento

COMPARTILHE ›
Foto: Jaime Júnior / Jornal Conexão Comunidade
Foto: Jaime Júnior / Jornal Conexão Comunidade

A candidata Ângela Albino (PC do B) visitou o Jornal Conexão Comunidade na terça-feira (19), onde fez promessas ao Norte da Ilha em relação as principais demandas da região. Saneamento e segurança foram os principais temas abordados na entrevista feita pelo jornalista Emanuel Soares. A candidata afirmou que será uma prefeita presente, que vai discutir e construir a proposta de cidade junto com as pessoas.

JORNAL CONEXÃO: Candidata, aqui no Norte da Ilha temos problemas sérios de saneamento básico. Canasvieiras é um caso à parte, já que todo o bairro tem rede de esgoto. Existem ligações irregulares e extravasamento de esgoto da Casan. Como a senhora vai reverter esse processo?

ANGELA ALBINO – Eu localizo que nós temos três grandes questões aqui no Norte da Ilha, é bom lembrar que a região se fosse desmembrada estaria entre as grandes cidades, temos que ter esse olhar especial. Tenho andando por aqui e percebo a preocupação com a segurança, vaga na creche que é outro drama, principalmente no verão e a questão do esgoto.

O prefeito que assumir vai encontrar uma cidade em plena temporada de verão, se nós ganharmos a eleição vamos fazer a transição a tempo de não deixar a cidade desprotegida principalmente no verão.

Queremos intensificar a relação com a Casan, temos a convicção que a empresa já tem investimentos previstos de R$ 330 milhões para Florianópolis e que possui expertise e histórico para fazer o saneamento, agora tem que ter cobrança e um prefeito presente, me parece que nos últimos anos temos padecido de uma ausência de liderança na região da grande Florianópolis e em Florianópolis porque balneabilidade é um problema de todos.

Foto: Jaime Júnior / Jornal Conexão Comunidade
Foto: Jaime Júnior / Jornal Conexão Comunidade

JORNAL CONEXÃO: Quais seriam as ações no primeiro mês de governo em virtude do esgoto e da balneabilidade? Isso precisa ser atacado já em janeiro.

ANGELA ALBINO – Temos discutido sobre isso com a equipe de programa de governo. Tão logo divulgado o resultado eleitoral, queremos reunir um comando especial que envolva a atual gestão e a gestão futura, para que o nosso verão não sofra com a descontinuidade de governança e eu tenho certeza que a Casan vai ser parceira.

JORNAL CONEXÃO: Segurança pública. A comunidade está pedindo maior estrutura para a PM aqui do Norte da Ilha. Como a senhora vai atacar esse sério problema da nossa região?

ANGELA ALBINO – Fiquei angustiada de ver os empresários preocupados com a segurança, principalmente as empresárias, elas chaveiam as portas porque tem medo.

Queremos atuar em dois veios, um é de fato a repressão que tem a ver com o governo do estado, mas a gente tem que atuar e disponibilizar mais equipamentos e ter mais guarda municipal principalmente perto das escolas, mas também incentivar a prevenção. Precisamos gerar oportunidades para a juventude e apoiar as mães que disputam seus filhos com o tráfico, que é uma realidade na cidade inteira. Ter escola e creche no turno integral, apostar no esporte e em atividades no contraturno escolar.

JORNAL CONEXÃO: Lazer é outro tema que a comunidade clama por muito tempo. Como a senhora pretende resolver essa questão?

ANGELA ALBINO – A gente vem discutindo esse aspecto do lazer e do esporte como uma ferramenta de inclusão social e de prevenção à violência, tenho certeza que ocupar melhor os espaços públicos potencializa a capacidade da gestão pública de forma a ajudar a melhorar a vida das pessoas.

Temos desejo de trazer uma praça para cá que envolva a convivência de jovens.

JORNAL CONEXÃO: De que forma os partidos coligados vão trabalhar na sua coligação?

ANGELA ALBINO – Eu quero compartilhar com vocês que na minha trajetória política ocupei diversos cargos, fui a última mulher eleita vereadora em Florianópolis, essa é segunda legislatura que não tem nenhuma mulher eleita. Fui secretária de estado, deputada estadual, deputada federal, eu estou convencida que o nosso voto é tão ou mais importante, que precisa prestar muita atenção no voto de vereador e vereadora, porque uma câmara de vereadores composta por maus parlamentares desestabiliza um prefeito.

Tem que ter perfil técnico, tem saber o que faz, mas também tem que ter um pensamento assemelhado com o da gestão, problema nenhum em trazer pessoas com vivência política que saibam fazer bem e pensem o destino da cidade.

JORNAL CONEXÃO: O que o eleitor pode ter como certeza da sua administração, se a senhora for eleita?

ANGELA ALBINO – Eu tenho a convicção que o passado já cumpriu o seu papel, que a velha política, não serve, quem gosta de Florianópolis como está, tem dois candidatos que representam o que sempre foi e a pessoa que gosta tem a legitimidade para votar.

Se você tem a percepção que a cidade precisa ser de outro jeito, eu estou muito feliz de poder contribuir e ajudar a minha cidade.

As pessoas podem esperar de mim que serei uma prefeita presente, vamos discutir juntos e construir juntos.