A CORRIDA CONTINUA

Amigos lembram um ano da morte do jornalista Róger Bitencourt na SC-401

Polícia disse que o motorista que conduzia o carro que atingiu Roger estava embriagado

COMPARTILHE ›
Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal
Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

A morte do jornalista Róger Bitencourt completa um ano nesta terça-feira (27). Desde cedo, amigos, familiares e colegas de profissão lembram da figura de Róger através das redes sociais. Todos lamentam a perda do profissional no ano passado. Ele foi atingido por um veículo enquanto andava de bicicleta pela lateral da SC-401, sentido bairro/centro, próximo ao acesso de Jurerê Internacional. Na época, a Polícia disse que o motorista que conduzia o carro estava embriagado.

Leia mais:
– Emanuel Soares: “Não podemos mais aceitar mortes na SC-401
– Jornalista Róger Bitencourt morre atropelado no Norte da Ilha

O jornalista Rodrigo Faraco disse pelo Facebook que “hoje a corridinha foi na praia da Barra dá Lagoa. Em homenagem ao amigo querido Róger Bitencourt, um cara que faz muita falta”, completou. Márcia Bina, que também é atleta, lamentou a ausência do jornalista. “1 ano que a imprudência levou uma pessoa incrível. O pior é que nada mudou…conheço mta gente que enche a cara e dirige”, reclamou.

Em sua coluna no jornal Notícias do Dia, Carlos Damião lembra do teste que fez com Róger, quando chegou a Florianópolis. “Entre muitos amigos que acompanharam a vida profissional do repórter, tive a oportunidade de ter sido um dos primeiros a recebê-lo em Florianópolis, quando ele chegou à redação do Jornal de Santa Catarina, na Avenida Rio Branco, acompanhado por um amigo chamado Fernando. Com apenas 22 anos de idade, os dois vieram de Porto Alegre para tentar a vida na capital catarinense. Fizeram testes comigo no JSC. Fernando ficou. Mas Róger preferiu o Diário Catarinense, onde trabalhou durante um ou dois anos”, lembrou.

O Jornal Conexão Comunidade esteve nesta terça-feira (27) na SC-401. No local da morte, ciclistas penduraram no poste uma bicicleta pintada de branca, em homenagem a Róger que utilizava a rodovia para a prática de exercícios. No posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), uma placa da rodovia marca 93 dias sem mortes no trecho.

PROJETO DE MELHORIAS

Ciclistas pedem um projeto de total revitalização da SC-401 no Norte da Ilha. O projeto, conforme a ideia dos ciclistas, não deve ocorrer. Mas já está em andamento um projeto de revitalização da rodovia com melhorias no pavimento asfáltico, drenagem e ciclofaixas junto ao acostamento. Por enquanto, o projeto está paralisado por problemas judiciais envolvendo uma empresa que não foi classificada no edital.