Vânio Bossle: “Calote vergonhoso que a UFSC está passando contra a Celesc”

contato@jornalconexao.com.br

COMPARTILHE ›

banner-topo-cabeçalho-vanio-bosslereitoria-ufsc-florianopolisUm milhão e meio de reais. Esse é o tamanho da dívida, já denominado de calote vergonhoso que a Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está passando contra a Celesc no atraso constante de pagamento de faturas de consumo de energia elétrica.

A Celesc está proibida de cortar a energia no campus da UFSC por uma decisão da Justiça Federal e a empresa já recorreu da liminar junto ao Tribunal Regional Federal em Porto Alegre.

A decisão judicial abre um caminho perigoso para que outras instituições públicas e privadas deixem de pagar suas contas à Celesc sob argumentos de que vivem em crise.