GERAL

Servidores municipais fazem assembleia, mas greve vai continuar

Justiça determinou multa de R$ 5 mil se os servidores não voltarem ao trabalho

COMPARTILHE ›

Os servidores municipais em greve desde terça-feira (01) em Florianópolis vão realizar uma assembleia geral nesta tarde na Praça Tancredo Neves no Centro da capital. Ainda não houve avanço na pauta de negociações, mas a Justiça determinou que eles voltassem ao trabalho sob pena de multa diária de R$ 5 mil ao sindicado Sintrasem. Mesmo assim, a greve deve continuar.

Os serviços públicos estão afetados desde o começo da mobilização. Porém, os locais que dispensam medicamentos retrovirais continuam funcionando normalmente. Segundo o Sintrasem, a farmácia de medicamentos no Norte da Ilha está funcionando.

A educação é a mais afetada. A Escola Herondina Medeiros Zeferino a maior da Rede) está sem aulas. Ainda não existe previsão de quando os trabalhos serão retomados.

Na saúde, a prefeitura diz que a Policlínica Norte têm serviços médicos mantidos e a UPA atende somente urgência e emergência (códigos vermelho e amarelo). Pediatria está mantida.