EM SÃO PAULO...

Preso construtor suspeito de aplicar golpe na venda de apartamentos em Ingleses

Um outro suspeito de participar do golpe no Norte da Ilha ainda não foi preso

COMPARTILHE ›

maritina-predio-okFoi preso no Estado de São Paulo, Diego Rodrigues Veras, construtor suspeito de estelionato na venda de apartamentos para mais de 100 vítimas na Praia dos Ingleses em Florianópolis. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça de Santa Catarina e cumprido pela Polícia Civil paulista nesta quinta-feira (25). Ele e mais um homem, que também foi preso, foram encaminhados para a cadeia de Carapicuíba na Grande São Paulo e a Justiça vai definir se ele será transferido para Florianópolis. Um outro suspeito de participar do golpe no Norte da Ilha ainda não foi preso.

LEIA MAIS:
– Justiça nega pedido de relaxamento de prisão para construtores suspeitos de estelionato
– Juíza prorroga inquérito de estelionato por precariedade da situação da Polícia Civil

– Golpe deixa dezenas de pessoas lesadas na venda de apartamentos em Ingleses
– Vítimas de golpe compraram apartamento na planta em terreno de posse
– Polícia pede prisão de construtor suspeito de estelionato na venda de imóveis

Segundo a polícia, Diego foi preso em um condomínio de alto padrão em Cotia, distante 34 km de São Paulo, onde existem casas de até R$ 2 milhões de reais. No condomínio, a Polícia Civil disse que encontrou dois carros de luxo que eram utilizados pelo suspeito como meio de transporte. Os carros eram uma BMW e um Porsche que valem mais de R$ 500 mil.

Segundo a investigação, Diego vendia apartamentos para mais de um proprietário. Por causa do golpe investigado pela 8ª delegacia dos Ingleses, o suspeito já responde a mais de 50 processos judiciais, sendo que 90% tem relação com a venda dos imóveis para mais de um proprietário.

Os imóveis que envolvem os processos judiciais ficam nos Ingleses. São mais três condomínios: Residencial Maritina, Zarah 1 e Zarah 2. Todas as obras não foram terminadas e muitas vítimas deram carro e dinheiro para a compra do imóvel, antes de descobrirem que existiam outros compradores para o mesmo imóvel.