ESTAÇÃO VERÃO

Presença de Guarda Vidas nas praias será reforçada no fim de semana

Durante a temporada de verão, serão 170 homens cuidado da segurança dos banhistas nas praias da Capital

COMPARTILHE ›

estacao-verao-banner-topo-materias-site

Foto: Luzia Vidal / Jornal Conexão Comunidade
Foto: Luzia Vidal / Jornal Conexão Comunidade

A operação veraneio do Corpo de Bombeiros será ampliada no dia 12 de novembro com o aumento do número de Guarda Vidas nas praias. Serão abertos postos de monitoramento das praias em Canasvieiras, Lagoinha, Jurerê e mais cinco praias do Sul da Ilha. Durante a temporada de verão, serão 170 homens cuidado da segurança dos banhistas nas praias da Capital.

Serão utilizadas embarcações, jetski, pranchões e quadriciclos para realizar salvamentos e o serviço preventivo, quando o Guarda Vidas chama a atenção das pessoas que estão em locais de risco, onde existe uma corrente de retorno no mar. Na temporada passada foram 1,3 milhão alertas emitidos nas praias da capital.

A temporada passada teve o registro de 12 mortes em água salgada e uma em água doce, na Lagoa da Conceição. “Essas mortes não são todas em áreas protegidas pelo Corpo de Bombeiros. Tem morte que foi a noite. Contabilizamos o número total. Uma que foi em água doce foi de um meliante que assaltou uma pessoa na Lagoa e a população correu atrás dele. Ele pulou da ponte e se afogou”, disse o Capitão Átila Medeiros Sarte, comandante da segunda companhia do 1º batalhão do Corpo de Bombeiros.

Os Guarda Vidas são os agentes responsáveis por ajudar a Fatma na coleta de água para a análise de balneabilidade. “O agente não pode impedir a entrada de banhistas nos locais impróprios. (…) Se tiver alguém se afogando dentro do esgoto, o bombeiro vai entrar para salvar. A nossa profissão ela é com o risco da própria vida. Se tiver que entrar, a gente tem que entrar”, disse o Capitão.

Os postos de operação que foram depredados ao longo do inverno, estão sendo recuperados pelos Bombeiros nos próximos dias. A entidade solicita que as pessoas denunciem a presença de vândalos que depredam as estruturas.

PREVENÇÃO

O Corpo de Bombeiros trabalha na parte preventiva com as crianças e os jovens. O Projeto Golfinho orienta para as dicas de prevenção a acidentes aquáticos para evitar afogamentos. O foco são as crianças que compartilham com os familiares o conhecimento.