RIO VERMELHO 186 ANOS

Prefeitura diz que está alinhando melhorias em linhas de ônibus do Rio Vermelho

COMPARTILHE ›
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

Constante reclamação dos moradores do bairro nos últimos anos, o transporte público precisa melhorar no Rio Vermelho. Neste aniversário de 186 anos e após ouvir reclamações, o prefeito Gean Loureiro diz que está alinhando mudanças para atender as reclamações que ouviu de usuários sobre itinerários e, principalmente, horários dos coletivos que operam nas linhas Rio Vermelho, Rio Vermelho via Muquém, Costa do Moçambique e Travessão.

LEIA MAIS:
– Rio Vermelho 186 anos: O bairro que nasceu no meio do atlântico
– Aniversário de Ingleses e Rio Vermelho não é no mesmo dia, diz historiador
– Prefeito busca verbas para retomar obras abandonadas no Rio Vermelho
– Prefeitura diz que está alinhando melhorias em linhas de ônibus do Rio Vermelho

“Recebemos muitos pedidos da comunidade para avaliar a questão do transporte coletivo no bairro. Por isso, vamos alinhar junto à Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana os horários e o itinerário das linhas do transporte coletivo que passam pelo bairro, a fim de melhorar o deslocamento casa-trabalho”, disse o prefeito.

Tanto na campanha eleitoral, como após assumir e convocar os secretários para usar o transporte público, o prefeito ouviu as reclamações sobre os atrasos, trânsito e dificuldades na integração junto ao Terminal Canasvieiras, por causa dos horários. Em Janeiro, o prefeito usou a linha Costa do Moçambique para ir de Ingleses ao Centro, e anotou as reclamações.

EDUCAÇÃO

Na área da educação, o prefeito disse que reiniciou a construção de oito novas creches em Florianópolis, já que as obras estavam paradas. No bairro, a creche Red Park vai atender cerca de 180 crianças. “Em breve, esperamos reiniciar os trabalhos da nova creche Canto da Coruja, também no Rio Vermelho, que está passando por adequação de projeto de fundação. Com a inauguração destas unidades, poderemos atender muito mais crianças e dar oportunidade aos pais que tanto necessitam de um lugar para deixar os filhos e ir trabalhar”, comentou.