#CONEXÃOTRÂNSITO

Polícia Rodoviária quer trocar dia de novo protesto de ciclistas na SC-401

Manifestantes vão sair pedalando da Beira Mar Norte em direção ao Centro Administrativo que fica na rodovia mais movimentada do estado

COMPARTILHE ›

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) não considera positivo realizar um protesto na sexta-feira (29) às 19h em frente ao Centro Administrativo na SC-401. Uma reunião entre manifestantes e a Polícia ocorre na tarde desta quinta (28) em uma tentativa de mudar o dia do protesto. Caso isso não ocorra, os ciclistas vão sair pedalando do Koxixo’s às 18h e seguem em direção da rodovia.

OUTRAS NOTÍCIAS:
– Carro mal estacionado em rua do Norte da Ilha pertence a vereador
– Dr Dinarte: “Frio e chuva na praia? Então é shopping day”
– Rede de esgoto será ampliada em 59 quilômetros no Norte da Ilha

O protesto ocorre contra a violência no trânsito na rodovia mais movimentada do estado. Em menos de um mês, dois ciclistas morreram após serem atingidos por veículos desgovernados na SC-401. O primeiro caso foi em 27 de dezembro e vitimou o jornalista Róger Bitencourt e o segundo matou Simoni Bridi de 28 anos. Ela voltava do trabalho e pedalava pela ciclofaixa, quando foi atropelada.

O Tenente Coronel Fábio Martins explicou o enorme impacto que o protesto pode causar ao trânsito da capital. “Na reunião de hoje queremos explicar o transtorno que pode causar ao trânsito esse tipo de manifestação. O horário é impróprio e o dia é impróprio. (…) Entendemos que é justa e livre a manifestação, mas não podem causar insegurança. (…) Precisamos equacionar isso para não prejudicar a comunidade”, afirmou à CBN Diário.

O protesto vai ocupar, pelo menos, uma faixa da SC-401 no sentido centro/bairro e os manifestantes serão escoltados pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) durante o deslocamento. No evento criado pelos organizadores no Facebook, mais de 500 pessoas, até o momento, confirmaram presença no protesto.