ABASTECIMENTO

Norte da Ilha registra o maior consumo de água durante o Carnaval

Reservatório de aço vitrificado precisou ser aberto para evitar interrupção no abastecimento de água

COMPARTILHE ›

Foto: Casan / Divulgação
Foto: Casan / Divulgação
A Casan precisou abrir duas reservas técnicas na segunda-feira (8) de Carnaval, para evitar a falta de abastecimento de água no Norte da Ilha. O consumo atingiu o ponto máximo, 1.400 litros por segundo, o que já havia ocorrido também no Révellion, devido ao grande número de turistas e à temperatura elevada que fez com que o consumo aumentasse. A reserva de Canasveiras, com 2 milhões de litros foi aberta ao meio dia.

O novo reservatório vitrificado dos Ingleses construído no Morro do Maurício pela Casan e inaugurado no final do ano, que armazena 3,5 milhões de litros, foi aberto as 22h para reforçar e garantir o abastecimento na região. A obra foi feita para atender a necessidade de consumo visto que durante a temporada de verão se intensifica. O Norte conta ainda com mais duas reservas que não foram acionadas.

Em outros anos a falta de água causou muitos muitos prejuízos e a saída antecipada de turistas das praias do Norte da Ilha.