ACIDENTE DO ANO NOVO

Ministério Público mantém prisão preventiva de motorista do Camaro

COMPARTILHE ›
Camaro invade calçada e mata uma pesssoa
Foto: Jornal Conexão Comunidade

Andrey Cunha Amorim, promotor do Tribunal da Vara do Júri de Florianópolis, manteve a prisão do motorista do camaro de Sapiranga, RS, que atropelou três pessoas nos Ingleses, no dia 1º de Janeiro na SC-403. Ele ainda não foi preso pela polícia e é considerado foragido. Ele deve se apresentar, segundo o advogado, após a prisão ser revogada.

No acidente, Cristiane Flores Gonçalves, de 31 anos, morreu no local. O marido, Nilandres Lodi, o Preto, 36, foi encaminhado ao hospital e teve as duas pernas amputadas. O amigo Gean Carlos Matos, 21, estava junto do casal e segue internado.

A defesa do motorista alega que ele teve o carro abalroado antes de invadir a calçada. O Jornal Conexão Comunidade publicou com exclusividade que a câmera de monitoramento que fica na esquina do ponto do atropelamento não está funcionando.