RECUPERAÇÃO

Máquinas trabalham na recomposição da faixa de areia em Canasvieiras

Erosão causada pelo Rio do Brás deixou o trapiche sem acesso aos turistas que realizam passeios de escuna

COMPARTILHE ›
Foto: Prefeitura de Florianópolis
Foto: Prefeitura de Florianópolis

A Secretaria de Obras realizou, na manhã desta terça-feira (13), a recomposição da faixa de areia do final da praia de Canasvieiras que voltou a sofrer erosão pela cheia do Rio do Brás, provocada pela chuva no Norte da Ilha. Por causa do problema, o rio havia passado a correr em direção à praça próxima por uma extensão de cerca de 50 metros, em vez de seguir reto para o mar, tendo inviabilizado o acesso ao trapiche.

De acordo com o diretor de projetos da Secretaria, Ivan Ceola, que acompanhou a ação, foi feita a reabertura do rio, para que retomasse seu curso normal, e o espalhamento da areia. O trabalho, que envolveu a utilização de uma retroescavadeira e duas escavadeiras, ocorreu entre 6h30 e 11 horas.

“Por algum tempo, o problema está resolvido”, comentou Ceola, tendo em vista a possibilidade de, por nova ação da natureza, ele voltar a acontecer, tal como ocorre de tempos em tempos, variando apenas de intensidade. Neste ano, por exemplo, a Secretaria de Obras precisou tomar providência semelhante na região, porém com menor proporção, em pleno domingo de Páscoa.