VILA UNIÃO

Homem é morto ao entrar em confronto com a Polícia Militar no Norte da Ilha

COMPARTILHE ›

Um homem ainda não identificado morreu após um confronto com a Polícia Militar na Vila União no Norte da Ilha em Florianópolis. O tiroteio aconteceu no final da tarde deste sábado (27). Segundo as informações da Polícia Militar, a vítima atirou primeiro contra uma guarnição que revidou os disparos.

VEJA MAIS SOBRE A COMUNIDADE:
– Seis homicídios são registrados pela Polícia Civil no Norte da Ilha
– Morador grava som de tiros na Vila União, onde cinco pessoas foram mortas
– Polícia Militar diz que vídeo com ameaça de ataque na Vila União é antigo
– “Fazemos Segurança para o cidadão do bem”, diz secretário após mortes na região
– Governador diz para prefeito que Estado vai agir com as forças de segurança
– Delegacia de Homicídios identificou 80% dos autores de homicídios no Norte da Ilha

Atingido, o homem que é suspeito de ter participação no tráfico de drogas da região, morreu no local. O Instituto Geral de Perícias foi acionado para fazer o recolhimento do corpo e a identificação oficial da vítima.

A Polícia Militar ainda não divulgou mais detalhes, mas uma fonte ouvida pelo Jornal Conexão Comunidade afirmou que a guarnição tentou fazer uma abordagem, mas o alvo acabou efetuando os disparos e que só depois a polícia disparou contra o suspeito.

Pelo menos sete viaturas atenderam a ocorrência para reforçar o policiamento na entrada da comunidade.

HISTÓRICO DE VIOLÊNCIA

Dominada por uma organização criminosa, a Vila União é alvo de uma disputa entre facções. No dia 18 de abril, a comunidade foi palco de uma chacina onde cinco homens foram mortos na guerra pelos pontos de tráfico de drogas. Nessa mesma madrugada, a região do Norte da Ilha registrou seis homicídios.