VAI OU RACHA!

Empreiteira promete começar obras de ampliação do esgoto em 20 dias

COMPARTILHE ›
Consórcio que vai ampliar esgoto pode ter contrato rescindido com a Casan
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

Passados 80 dias após a assinatura da ordem de serviço para a ampliação do sistema de tratamento de esgoto, o Consórcio Trix-Infracon, responsável pela obra, decidiu encontrar um canteiro de obras provisório e já deve iniciar a perfuração de ruas em 20 dias. Esse é o prazo para que os trabalhos sejam iniciados. Até aqui, os trabalhos não foram iniciados pela falta do espaço que deve receber diversos materiais. A Casan confirmou que já havia notificado o consórcio vencedor.

LEIA O QUE JÁ PUBLICAMOS SOBRE O TEMA:
– Consórcio que vai ampliar esgoto pode ter contrato rescindido com a Casan

– Justiça atrasa ampliação do sistema de esgoto da Praia dos Ingleses
– Casan dá novo prazo para ampliar sistema de esgoto nos Ingleses
– Casan tenta cassar liminar que paralisou licitação do esgoto de Ingleses
– Recurso suspende abertura de envelopes da licitação do esgoto de Ingleses
– Cinco consórcios são habilitados na licitação internacional do esgoto de Ingleses
– Japoneses suspendem abertura de envelopes da licitação do esgoto de Ingleses
– Empresa vencedora para ampliação do esgoto em Ingleses será conhecida em setembro
– Ordem de serviço para a ampliação do sistema de esgoto em Ingleses segue sem data prevista
– Ampliação do sistema de esgoto de Ingleses começa em 60 dias

Segundo Fernando de Deus Oliveira Filho, diretor comercial da Trix Engenharia, existe uma mobilização informal do Consórcio, que tá trabalhando na elaboração dos planos viários e ambientais. Sobre o espaço para o canteiro de obras, principal ponto de atraso do trabalho, ele explicou que eles buscam uma área adequada.

“A gente está com várias opções. Precisamos achar uma área onde possamos fazer um pulmão para recebimento de solos, existe sobra de solos com as escavações, então a área precisa ser bem dimensionada. Como a praia dos Ingleses é uma região bastante urbanizada, a gente pode ter um pouco de dificuldade”, disse Fernando.

O diretor disse que o canteiro provisório já está instalado, não sendo a área específica. Inclusive, além dos solos que sobram, eles terão que receber no canteiro solo importado que é mais resistente e colocado para a pavimentação, depois da colocação dos canos.

“Pra gente, as obras estão iniciadas. Agora, o que vai aparecer para a população entorno de 20 dias, mais ou menos, com maquinário in loco”, disse Fernando. Ele afirmou também que o serviço vai começar nas ruas com menor movimento e depois as ruas de maior fluxo vão receber as obras.