REGIÃO

Desfile em Canasvieiras reúne escolas e tem protestos contra Temer

População de Canasvieiras acompanhou o desfile na Avenida das Nações que foi bloqueada para o fluxo de veículos

COMPARTILHE ›
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade
Foto: Emanuel Soares / Jornal Conexão Comunidade

O desfile cívico de independência, marcado para esta sexta-feira (09) em Canasvieiras foi marcado pela participação de crianças e jovens de escolas do Norte da Ilha, Polícia Militar, Exército, protetores ambientais e protestos contra o presidente Michel Temer. A população de Canasvieiras acompanhou a movimentação na Avenida das Nações que foi bloqueada para o fluxo de veículos.

“As escolas foram as primeiras a desfilar, seguidas pelas Forças Armadas. Fizemos um desfile excelente, inclusive com a presença da banda da Polícia Militar”, disse Carlos Maria Hennrichs, presidente da Associação Pró-Canas que é a organizadora do evento.

Entretanto, alguns manifestantes exibiram cartazes contra o presidente Michel Temer durante o desfile das escolas. “Hoje existe um movimento nacional que tem contrariedade em relação ao presidente. Os alunos estão levando por vontade própria. Não foi feito nenhum trabalho, estão levando por que querem”, disse Carlos, professor de história da escola Osmar Cunha.

“Protesto tá bem evidente nas redes sociais. É para o povo ver o que está acontecendo no Brasil”, disse Sionara da Costa Alves, moradora de Canasvieiras.

Para o desfile, a Polícia Militar bloqueou o fluxo de veículos na Avenida das Nações, entre o Elevado de Canasvieiras e a Rua Madre Maria Vilac. Motoristas e os veículos do transporte coletivo usaram ruas alternativas.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS