Cristiano Vieira: “Não trabalhe como se a empresa fosse sua!”

contato@jornalconexao.com.br

COMPARTILHE ›

Seguramente vocês já ouviram a frase “ Eu trabalho como se a empresa fosse minha”, de acordo com a entonação pode representar o orgulho de um colaborador ou sua insatisfação. Na sua maioria traduz a insatisfação, o colaborador utiliza para justificar que trabalha demais e não tem o devido reconhecimento. Mas existem aqueles que utilizam a frase como referência de excelência profissional, quase como frase motivacional.

Eu nunca ouvi, principalmente dos que usam a frase para transmitir sua insatisfação, que além de trabalhar como se a empresa fosse dele que ele também pagou os impostos, tributos e todas as outras despesas como se fosse o dono. Simples, porque ele não é o dono!

Se o dono tivesse que fazer não precisaria de você. Exemplo, você contrata um prestador de serviço para sua empresa de contabilidade, para que pinte 4 paredes, você não quer que ele trabalhe como você, até mesmo porque as habilidades dele são diferentes da sua. Se ele for um pintor e sua empresa atuar na área de contabilidade ele jamais desempenhará a tarefa com a mesma habilidade do que você. Sendo assim:

– “ Trabalhar como se a empresa fosse sua não lhe trará sucesso! ”

O sucesso dentro de uma corporação é fundamental para nossa ascensão profissional, melhores remunerações e até mesmo a manutenção de nosso emprego e por isso que hoje quero compartilhar com vocês uma das técnicas que utilizo todos os dias e vai ao encontro do que vimos até agora.:

– A técnica é simples e consiste em trabalhar todos os dias como se você fosse uma empresa.

Acordar todos os dias e entender que seus líderes não são chefes, são clientes, seus clientes. Buscar todos os dias atender as necessidades de seu cliente com excelência, superar suas expectativas e mantê-lo fidelizado.

Todas as suas habilidades profissionais são o produto e sua apresentação a embalagem. Então venda-se! Entregue a seu cliente o melhor produto.

Mas nunca esqueça que seu produto tem concorrência, precisa acompanhar a evolução de mercado e as necessidades de seu cliente.

Eu sou uma empresa que cresce a cada dia, que investe parte de suas receitas em atualização e capacitação técnica, investe na comunicação visual que agrade meu cliente, possui estratégias de marketing avançadas e ainda é preocupada com o social.

Independente do segmento que você, empresa, atue, lembre-se de trabalhar todos os dias para ser importante e nunca para ser insubstituível, tudo que é insubstituível se torna descartável!

Boa Reflexão!