AS CARTAS VÃO ATRASAR....

Correios diz que a adesão à greve é baixa em Santa Catarina

Os servidores da empresa exigem que as agências presenciais tenham mais segurança, além de reajuste salarial

COMPARTILHE ›

O Correios disse nesta manhã de quinta-feira (15) que a adesão a greve dos trabalhadores neste primeiro dia é considerada baixa. Os servidores da empresa exigem que as agências presenciais tenham mais segurança para evitar os roubos, realização do concurso público e reajuste salarial de 15%.

Em nota, o Correios disse que desde o início de agosto a empresa e as representações dos trabalhadores pautaram as negociações para fechar um Acordo Coletivo de Trabalho que contemplasse os interesses dos empregados e da empresa. A proposta apresentada pelo Correios foi levada pela maioria dos sindicatos para votação nas assembleias.

O Correios já tomou providências para ajustar o processo produtivo nas unidades específicas em que a adesão pudesse impactar a qualidade do serviço. A empresa espera que essa proposta, construída com muito esforço, empenho e diálogo, seja aceita pelos trabalhadores o mais rápido possível, para não impactar a população e os próprios funcionários.